Blog

Qual é o Copo ideal? - Listamos os prós e contras dos quatro tipos de copos mais utilizados pelo mercado

Qual é o Copo ideal? - Listamos os prós e contras dos quatro tipos de copos mais utilizados pelo mercado
Desde que a Meu Copo Eco nasceu, muitos questionamentos surgiram também. Apesar de ter sido fundada com referências em práticas já realizadas e que dão certo no exterior, as dúvidas sobre os verdadeiros benefícios e contribuições para o meio ambiente sempre estiveram presentes. Mesmo diante de tanto sucesso e comprovações de vantagens de seu uso para promover um evento limpo e sustentável, esses questionamentos ainda aparecem.

A Meu Copo Eco enxerga essas dúvidas, como críticas e provocações construtivas que, dão mais gás à nossa equipe para estarmos sempre atualizados e de fato, buscando compreender, aprender e ensinar cotidianamente o porquê é benéfico viver com o estilo de vida MCE.

Sendo assim, hoje apresentamos os tipos de copos mais utilizados no mercado, seus prós e contras e o grande motivo pelo qual sempre vamos defender o nosso ideal MCE. A partir dessas constatações, mostraremos o ideal pelo qual trabalhamos todos os dias, a fim de, não apenas gerar eventos sustentáveis e limpos, mas transformar o mundo com pequenas atitudes. Vem conferir!

plastico



Qual é o Copo ideal? - listamos os prós e contras dos quatro tipos de copos mais utilizados pelo mercado

 

Copo descartável de plástico

Não vemos praticamente nenhuma vantagem em utilizá-los. Este é o copo descartável mais conhecido, que - infelizmente - ainda está presente em empresas, fábricas, escritórios, estabelecimentos comerciais e em eventos sociais. Possui diversos tamanhos e cores, porém o mais usado é o 300 ml branco.

Prós

A única vantagem que existiria em seu uso seria a facilidade econômica e de limpeza, uma vez que o custo para o consumidor final é o mais barato. Infelizmente, ele ainda representa o pensamento de muita gente: “é só usar e jogar fora”. É IMPORTANTE lembrar aqui que NÃO defendemos o uso deste produto, estamos apenas dispondo nesse post características compartilhadas por estudos que demonstram vantagens e desvantagens e por que o consumidor opta por um ou outro produto.


Contras

Existem muitos contras em relação a este produto. O copo plástico de poliestireno tradicional é um dos principais vilões do desenvolvimento sustentável. Seu custo para consumo pode até ser mais acessível, entretanto mesmo possuindo características físicas que os tornam recicláveis, os componentes que envolvem sua produção são muito baratos, o que deixa a reciclagem mais cara que a própria produção de novos itens, não compensando o seu uso. Além disso, sua fabricação provoca a emissão de CO2 de de outros gases responsáveis pelo desequilíbrio do efeito estufa.

A partir do momento em que pensamos que esse material será usado UMA VEZ e depois descartado, percebemos um ciclo de vida do produto BAIXÍSSIMO o que de fato não compensa tanto custo na produção.

Apesar de ser descartado muito rápido, o tempo de decomposição desse material é enorme, podendo chegar a mais de 100 anos - quando descartado corretamente. O que não acontece na maioria dos casos, provocando ainda mais malefícios ao meio ambiente. Seu descarte inadequado pode gerar uma decomposição química, que aliada a outros fatores é prejudicial à saúde da natureza e da população.

E se já não bastasse esse caráter ambiental em jogo, uma pesquisa realizada pelo Instituto de Química da Universidade Federal da Bahia (Ufba) demonstrou que os copos descartáveis - especificamente os feitos a partir de poliestireno (os brancos, simples e mais frágeis) quando em contato com uma substância quente (como chá ou café) podem liberar uma quantidade alarmante de uma substância chamada estireno, conhecida pela Agência Internacional de Pesquisa do Câncer (Iarc) como um possível cancerígeno.

Ao refletir sobre a utilização desse material em eventos, é perceptível que o lixo gerado e os problemas ambientais não compensarão sua suposta economia.

 

Copo descartável de isopor

isopor

Sabe aquele cafezinho que tomamos indo para o trabalho? Ou então o chá no meio da tarde no escritório? Seria muito melhor se essas bebidas não fossem consumidas no copo de isopor.

Os copinhos de isopor EPS têm características muito parecidas com as dos copos plásticos, pois também são plástico. Entretanto, no caso do isopor, seu diferencial seria sua leveza e seu isolamento térmico.

Prós

Como citado anteriormente, a facilidade do copo descartável de isopor é a sua principal característica: isolamento térmico e impermeabilidade. Esse material é muito utilizado na indústria de alimentos e serviços para armazenar substâncias. E apesar de ter uma aparência mais atraente do que a do copo plástico normal, suas vantagens são poucas.

Contras

Basicamente, esse material apresenta o mesmo problema de reciclagem dos copos plásticos tradicionais. Por ser leve demais, economicamente não é atraente reciclá-lo. Seria necessário uma quantidade muito grande de material e isso dificulta o ciclo de reciclagem. Além disso, poderia ser lavado e reutilizado, mas isso não acontece.

Seu material não é biodegradável, é resistente a fotólise e possui estireno (substância que traz riscos à saúde), ou seja, todas características que mostram que seu uso não é o mais indicado. Para bebidas quentes, o ideal seria outro tipo de recipiente, uma vez que ao entrar em contato com essas substâncias, pode liberar estireno.

Para finalizar, quando não descartados corretamente, são mais prejudiciais ao meio ambiente, pois tardam mais de 100 anos para se decompor, liberando substâncias prejudiciais durante esse processo.

Mais uma vez, pensando em eventos: mesmo que o material em isopor possa ser algo mais durável, gerando um tipo de valor para a festa, o seu valor de compra não compensa em quantidade e muito menos em durabilidade - copos de isopor são tão descartáveis quanto os de plástico.

 

Copo de  papel

Agora entramos em um conceito menos prejudicial ao meio ambiente: os copos de papel. Esse material surgiu a pouco tempo, é muito usado para servir bebidas mornas ou frias e é uma opção mais sustentável se comparada aos dois itens anteriores.

papel

Prós

O copo de papel foi uma alternativa criada pensando na facilidade e praticidade existente nos copos plásticos e na busca por uma forma de obter isso sem prejudicar tanto o meio ambiente. Esses copos podem ser utilizados mais de uma vez, em alguns casos, e sua decomposição dura cerca de 18 meses.

Contras

Mesmo com praticidade, estes copos também podem poluir, uma vez que durante seu processo de fabricação, usualmente são revestidos com uma resina plástica chamada polietileno. Esse policarbonato auxilia na manutenção das bebidas quentes e impede que o líquido vaze. Embora durante seu uso essa característica seja benéfica, esse material torna mais complexo o processo de reciclagem. Além disso, sua fabricação utiliza papel virgem, o que não é vantajoso para o meio ambiente, já que seu ciclo de vida também é pequeno.

Mesmo possuindo um grau de prejuízo menor ao meio ambiente, é um consumo descartável e de período curto de vida. Em um grande evento, a quantidade de material utilizada pode não compensar seu gasto.

 

Copo de vidro

vidro

Agora não falamos mais de descartáveis. O copo de vidro - ou de outros materiais semelhantes- é muito utilizado em residências e eventos. Vamos ver quais são seus prós e contras:

Prós

Seu tempo de vida é muito maior que o de qualquer copo descartável e quando se quebra, existe a possibilidade de sua reciclagem. Além disso, permite diversos tipos de bebidas, quentes ou frias.

Contras

Mesmo sendo reutilizável, é necessário pensar no custo para sua fabricação, que é caro. Também existe um gasto de água  muito grande na sua limpeza, que caso não controlado, pode gerar dados preocupantes de desperdício.

Para o consumidor final, também não é o material mais barato sempre. No caso de eventos por exemplo, seu consumo pode gerar prejuízos. Nem todo o evento permite o uso de copos de vidro e seu manuseio em grandes festas pode ser perigoso. Além disso, quando em grande quantidade, o gasto com limpeza e manutenção deve ser pensado.

 

Meu Copo Eco

eco

Diante de tantas opções existentes no mercado, com suas vantagens e desvantagens, a Meu Copo Eco estudou muito para produzir uma alternativa a todos esses materiais: os nossos copos reutilizáveis. Por aqui, o conceito de sustentabilidade e economia é a nossa base, desde a primeira etapa de sua fabricação, até a entrega do produto ao cliente. Utilizamos um material de alta qualidade e ecológico (polipropileno) que possibilita seu uso de forma infinita. Assim, tem a função de substituir o descartável, criando uma nova cultura de consumo acessível a todos.

Pensando em valores justos, a Meu Copo Eco disponibiliza um produto que soluciona o problema de lixo em eventos, instituições de ensino e outros empreendimentos, além de reeducar a sociedade com um consumo mais consciente e sustentável. Assim é uma opção que se adequa aos mais diversos públicos e ambientes, uma vez que pode ser personalizado de acordo com o interesse do cliente, aliando sustentabilidade,economia e estética.

Ainda há muito o que fazer para transformar o mundo, mas a Meu Copo Eco busca diariamente pequenas mudanças que impactam positivamente o meio ambiente e a sociedade. Entre nessa transformação conosco, faça um orçamento e comprove os benefícios que os nossos produtos trarão para o seu negócio e para a sociedade. Quer entender mais sobre as diferenças, vantagens e desvantagens dos diferentes tipos de copos? Basta acessar nosso infográfico: QUAL É O COPO IDEAL PARA SEU EVENTO? , lá você encontrará um ranking de características de cada um dos materiais, além de Informações gerais sobre os mesmos e suas respectivas aplicações.




Outras matérias