Blog

Psicodália e Back2Black - Cases de Eventos limpos: como fazer?

Psicodália e Back2Black - Cases de Eventos limpos: como fazer?
No Brasil o número de festivais cresce a cada ano. Rock, funk, forró...tem festival pra todos os gostos e estilos e atraem um grande número de pessoas. Mas, você já reparou que depois de um tempo no festival, o chão acaba virando um mar de copos descartáveis? Isso ainda é uma realidade até em grandes festivais e tem um impacto gigantesco para o meio ambiente, além de um custo alto para a organização (com a compra de copos descartáveis, material de limpeza, mão-de-obra, etc)Uma pessoa usa em média até 4 copos descartáveis por dia e em festas ou festivais esse número pode ser ainda maior. No Brasil, o custo dos copos descartáveis para reciclagem é muito baixo – em média R$0,20 por quilo- fazendo esses copos irem parar no lixo comum, que são levados a aterros sanitários ou na natureza, entupindo redes de esgoto, ou rios e mares, onde demoram mais de 200 anos para se decompor.

Pensando nesse impacto e em como diminuí-lo, a utilização de copos reutilizáveis vem sendo uma solução eficaz, e
cada vez mais comum em festas e festivais. Na Europa os copos reutilizáveis já são norma para qualquer grande festival, e no Brasil, essa prática vem aos poucos ganhando espaço e adeptos de um consumo mais consciente dos resíduos.

Esse modelo de copos reutilizáveis e retornáveis começaram a aparecer depois da Copa EURO, onde um efeito pelos ministérios da Suíça, Áustria e Alemanha fizeram um estudo e comprovaram quem os copos retornáveis são até 25 vezes menos impactantes que os copos descartáveis.

“Ah mas os copos reutilizáveis são de os plástico também, então não faz diferença”

Trocar os copos de copos plásticos, para outros copos plásticos faz sim bastante diferença. Isso porque os copos é necessário analisar, além do tipo de material, o ciclo de vida dos produtos, e como os copos reutilizáveis e retornáveis são produzidos em polipropileno(PP5), material mais resistente e durável que outros plásticos que são utilizados para descartáveis. No Brasil esse estudo de impacto já foi feito pelo INMETRO (Instituto Nacional de Metodologia, Qualidade e Tecnologia) para materiais descartáveis, e na Europa, pelos ministérios da Suíça, Áustria e Alemanha para copos descartáveis, como dito anteriormente.

Uma pesquisa recente feita pela UFSCar (Universidade Federal de São Carlos) também comprovou que os copos reutilizáveis economizam mais água para o meio ambiente, porque embora tanto os descartáveis quanto reutilizáveis consomem a mesma quantidade de água na sua produção, os descartáveis são usados apenas uma vez e jogados, enquanto os reutilizáveis têm um ciclo de vida muito maior.

Alguns bons exemplos:

Na Europa os copos reutilizáveis já são uma realidade a anos. Na França o maior festival do país, o Fait du Bayonne, é conhecido como o carnaval dos franceses e reúne mais de 1,2 milhões de pessoas em 5 dias de festa e desde 2010 começou a utilizar o conceito dos copos reutilizáveis no festival e já só no primeiro ano de utilização, 6 milhões de copos foram economizados!

Clicando AQUI você pode saber mais desse festival e o que mudou com a utilização dos copos reutilizáveis.

Aqui no Brasil, os copos também começaram a ser utilizados em festivais e a mudança gerada por eles já tem ótimos resultados.

O Festival Psicodália, um dos maiores festivais do sul do país (e um dos mais influentes na cena de música independente) começou a utilizar o sistema de copos reutilizáveis e retornáveis em 2013 e desde então, todos os copos descartáveis foram substituídos. Só na última edição, em 2015 cerca de 120.000 copos descartáveis foram evitados.

Durante o festival, os participantes adquiriam um copo nos caixas para o consumo de bebida e para que não houvesse lixo circulando o festival também aderiu as bebidas armazenadas em grandes recipientes (galões de água, chope em barris, etc), o que gerou uma mudança total na gestão de resíduos do local.   Para saber mais dos resultados e como foi feito o trabalho no Psicodália, veja abaixo o case contando um pouco mais como foi o festival:

Meucopo-Eco_Psicodalia


Outro festival que aderiu ao movimento dos copos reutilizáveis foi o Festival Back2Black, no Rio de Janeiro. Esse que é o mais importante na disseminação da arte e cultura negra no Brasil, em 2015 utilizou os copos reutilizáveis e retornáveis e em dois dias de festival reuniu mais de 10 mil pessoas e teve uma economia de 42.000 copos descartáveis a menos.

Para que o festival fosse de fato um evento limpo, todas as bebidas eram servidas no copo, inclusive as das latas, com isso também o conceito caução (onde você pode levar o copo pra casa ou devolve-lo na hora que quiser e recuperar o dinheiro) também foi evidenciado, tornando o evento ainda mais colaborativo.

Para saber mais informações sobre o Back2Black, veja o case abaixo:

Meucopo-Eco_back2black


                Os copos reutilizáveis e retornáveis são a melhor solução para festivais que querem fazer a mudança e gerar o menor impacto ambiental possível. Os exemplos acima mostram que esse conceito é muito simples e a mudança para o evento e para o meio ambiente é enorme. Também, não interessa onde seja ou qual o estilo do festival, fazer o consumo consciente é possível e só depende da colaboração e vontade de fazer a diferença!

 

 




Outras matérias